Se você costuma ler textos sobre maternidade, já deve estar cansada do papinho de que vivemos nos equilibrando entre todos os nossos papéis como mulher e já deve ter lido muitas dicas ou promessas milagrosas de aproveitamento eficaz do seu tempo. Porém, hoje resolvi fazer o papel de advogada do diabo e vim lhe dizer, como coach, como mãe, como leitora voraz de livros nesse sentido e como alguém que recebe todos os dias alguns pedidos de ‘”ajuda” de quem se diz precisado de luz, que você nunca irá conseguir dar conta de tudo o que você deseja fazer, num período de 24 horas. I´m sorry.

Juro que não quero ser pessimista e nem estragar o seu início promissor de ano.

Imagino que você estivesse cheia de esperança de que em 2015 zeraria sua lista de pendências e conseguiria terminar o ano com a bunda dura, com um casamento feliz, com filhos bem educados, fluentes em inglês e exímios nadadores, com a conta do banco bem gorda de comissões e com a tão sonhada graduação no curso de culinária fitness. Só que eu preciso lhe dizer que não vai rolar. Sabe por quê? Porque o problema não é a quantidade de tempo que lhe é dada todos os dias. A impossibilidade se dá, em decorrência da quantidade de coisas que você quer fazer.

foto-1-700x605

Para continuar lendo, clique AQUI.

Anúncios